Ronco e Apneia

  Sem categoria

A síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) é um distúrbio do controle da respiração, no qual o colapso repetitivo da via aérea superior durante o sono leva a freqüentes apneias / hipopnéias com dessaturação e despertar do cíclico de oxigênio.

Os pacientes afetados sofrem de uma tendência crescente de sonolencia diuarna, comprometimento da concentração e redução da qualidade de vida. 
As consequências da SAOS incluem também um aumento do risco de acidentes causados ​​pelo adormecimento, bem como por doenças cardiovasculares.

 Excesso de peso, uma grande circunferência do pescoço e uma garganta estreita são condições que podem sugerir uma SAOS. 

O diagnóstico é confirmado pelo exame do sono. 

Tratamento em Adulto

O tratamento mais importante para a SAOS é a aplicação noturna de pressão positiva contínua (CPAP) por meio de uma máscara nasal ou nariz-boca, que geralmente leva a uma rápida melhora dos sintomas. Os pacientes que não toleram a terapia com CPAP podem ser tratados com sucesso com um dispositivo de avanço mandibular.

Tratamentos em Crianças:

Embora muitos pais estejam preocupados com o sono agitado e as apneias do seu filho durante o sono e ao procurar tratamento, não estão convencidos de que o ronco e polissonografia anormal são razões adequadas aceitar o baixo risco que acompanha a anestesia geral e adenotonsilectomia.

A adenotonsilectomia precoce é acompanhada de velocidade de ganho de peso e aumento do índice de massa corporal
(IMC) melhorando a qualidade de vida, sonolência diurna.

O uso de aparelhos ortopédicos funcionais podem ajudar a melhorar esse ronco e apneia evitando em alguns casos a cirurgia da adenotonsilectomia.

Para mais informações entre em contato.

Fonte do texto:
Obstruktives Schlafapnoe-Syndrom – Anne-ChristinStöwhasMonaLichtblau Informação  Konrad E.Bloch , Klinik https://doi.org/10.1024/1661-8157/a003198

Fonte da Foto:/www.raulpistorello.com.br e www.fmg.ind.br

Fotos retirada:https://rsaude.com.br/